quarta-feira, 30 de abril de 2014

BLOGS DO ALÉM: La Rochefoucauld



"Por isso, comento e reviso aqui alguns dos meus principais ditos.
'Perdoa-se à medida que se ama.'
A Receita Federal não ama você. Faz logo a declaração do IRPF.
'Todas as paixões nos levam a cometer erros, mas o amor faz-nos cometer os mais ridículos.'
E pior que o amor para cometer erros ridículos, só álcool com energético.
'A ausência apaga as pequenas paixões e fortalece as grandes.'
Já a presença acaba com tudo."


O texto é meu e do Vitor Knijnik. O Blog do La Rochefoucauld está aqui e na edição impressa da Carta Capital. Para ler outros Blogs do Além, clique aqui. Você também pode curtir a página no Facebook e receber as postagens novas clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário