terça-feira, 29 de abril de 2014

Blog do La Rochefoucauld





"Como escritor francês do século XVII, já espalhava frases de efeito a partir de jogos de palavras muito antes das redes sociais existirem. Sem imagens de gatos ou powerpoints coloridos, claro. Mas, com todo esse clima de “é cool ser conservador”, resolvi transformar minha profissão de moralista em adjetivo, aproveitar a onda e voltar com tudo. Este é o momento perfeito para relançar minha obra. Todos têm o discernimento do que é certo e errado. A julgar pelos post, vivemos cercados de agentes de moral ilibada. Mas o cenário não é totalmente favorável. Algumas de minhas máximas se mostraram muito reflexivas para o século XXI. Ninguém tem muita paciência para papo-cabeça. O bom mesmo é cagar regra. Por isso, comento e reviso aqui alguns dos meus principais ditos."

A ilustração é do mestre José Luiz Tahan e o texto é meu e do Vitor Knijnik. O Blog do La Rochefoucauld está aqui e na edição impressa da Carta Capital. Para ler outros Blogs do Além, clique aqui. Você também pode curtir a página no Facebook e receber as postagens novas clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário