quinta-feira, 9 de maio de 2013

Breve intervalo nos dramas cotidianos: O dia em que eu não nasci



"Em 'O dia em que eu não nasci' (Das lied in mir, no original), do germano-israelense Florian Micoud Cossen, Maria é argentina e seus pais biológicos foram levados pela ditadura argentina. Ela, sequestrada pelo estado, foi entregue a uma família alemã. Maria não fala uma palavra em espanhol, mas reconhece uma canção no aeroporto de Buenos Aires e mergulha num espiral de descobertas. O filme é uma jornada em busca da identidade."

Texto publicado no obvious: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário