sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

"O quarto de Bianca" no Mundo Mundano - 17/01 às 20hs





"Adoro estas garrafas. Tem uma cor pra água sem gás e outra pra com gás. Melhor do que quando era pequena e minha tia Soraia ficava sacudindo a garrafa de vidro. Não sei se pra ver se a água era mesmo com gás ou só pra ver as bolhas. Sempre imaginava a garrafa voando e acertando alguém sentado no entorno.

Imagina, restaurante lotado, alguém resolve ver se água é mesmo com gás, anos 80, garrafa de vidro. A pessoa sacode a garrafa, mas a mão não tá muito firme, meio engordurada, quem sabe por causa da calabresa frita do couvert, a garrafa meio suada, combinação fatal; primeira sacudida, escorrega um pouco, um aviso, para, mas ninguém ouve o aviso; segunda sacudida, a garrafa perde sua condição de reservatório portátil de líquido e se transforma numa arma, tal qual uma granada pós-moderna, e acerta a cabeça da criança na mesa próxima.

Você pode achar bem feito, a criança devia merecer, devia estar enchendo o saco de alguém ou correndo pelo restaurante ou ainda que estivesse sentada, quietinha, comendo sua batata frita em paz, devia ter feito alguma merda antes, mais cedo, talvez em casa, porque criança nenhuma é quieta, e certamente ela merecia aquela garrafada na cabeça. Mas imagina o climão no restaurante. Pedidos de desculpas, um monte de gente falando ao mesmo tempo, falando alto, alguma tentativa de justificar aquilo, apela pra qualquer coisa, diz que nem foi tão feio assim, aquela testa aberta ali na sua frente, a criança num estado de semiconsciência.

Imagina o clima pra continuar a refeição."



Serviço
de Rafael Cal
com Renata Egger
realizado pela Interferência Companhia Teatral

no Mundo Mundano (Rua Mourato Coelho, 25 - Pinheiros - São Paulo)
dia 17/01, quinta-feira
às 20 horas
informações: contato@mundomundano.com.br ou 2359-7444

Nenhum comentário:

Postar um comentário