sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Blog da Ofélia




"Numa época em que todos querem ser chef e ter seu programa de culinária, meu lugar parecia claro: estava condenada a ser uma velha-nova Palmirinha, vagando pela TV aberta sem paradeiro até o dia de ir parar num canal de TV fechada que ninguém assiste. Minha gastronomia vintage, de filé a Chateubriand e empadão de galinha, não tem mais espaço neste mundo de espumas de amendoim e fettuccine de pupunha.
No entanto, tudo mudou. Um colega da minha antiga emissora mostrou que um apresentador é também um herói em potencial. E pode ser qualquer coisa, ou várias coisas, como jornalista, negociador de sequestros e apresentador de game show, inclusive ao mesmo tempo."


Depois de negociar com sequestrador em seu programa, Datena virou o muso inspirador da volta da Ofélia e de sua maravilhosa cozinha do além.

Texto meu e do Vitor Knijnik no Blogs do Além. Tá na Carta Capital desta semana ou em  Blogs do Além.

Nenhum comentário:

Postar um comentário