quarta-feira, 14 de novembro de 2012

A acidez das coisas sensíveis aos dentes

Mordeu a cebola com altivez e mastigou solenemente.
Depois, chorou. Por horas. Sem parar.
Não se sabe se pela cebola. Ou pelo coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário