sexta-feira, 25 de maio de 2012

Palidez ou O espelho


Traços semelhantes do outro lado. Não, definitivamente não eram iguais.
Olhava o espelho.
Durante algum tempo, procurou por alguém do outro lado. Outra pessoa. Apesar da dúvida permanente, não conseguiu encontrar. A imagem era diferente do que imaginava, mas.
Usava sua roupa preferida. Estava bonita. Bem bonita. Talvez linda. Mas não conseguia encontrar o que procurava.
Os brincos que mais gostava. Estava com eles. Valorizavam suas orelhas, poderiam dizer. Mas ela não via.
O cabelo cortado. Uma novidade. Mas não via nada de novo.
Os sapatos. Também não.
Maquiou-se. Bem feita, tentava disfarçar. Não era capaz.
Não havia nada ali.
Só conseguia enxergar a palidez da alma. Que só ela podia ver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário