quarta-feira, 9 de maio de 2012

Fratura

Quebrara a perna.

Sem querer. Sem muita explicação. Sem nenhum motivo claro.

Foi quase de repente.

Olhava sempre praquela menina na escola. Achava bonita. Muito. Mas nunca conseguia se aproximar. Ou falar com ela. Ela nunca percebera sua presença ali. E ele olhando.

E de olhar, descobriu-se apaixonado. Ficava olhando pra menina bonita. Era invisível. Ela nunca enxergava sua presença.

Consumido pela paixão, decidiu ir atrás do seu objeto de desejo. Num impulso, levantou do banco do pátio e tentou correr em direção a ela.

Os cadarços estavam soltos.

Tropeçou e caiu.

Fíbula fraturada. O coração também. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário